mundo continus

Bem vindos ao Fórum Mundo Continus! O Lar dos Trolls.
Finalmente reativamos o fórum, e como podem ver ainda temos muito trabalho para fazer, antes dele voltar a ser o que era, portanto pedimos cooperação e muita diversão para todos!

Mundo Continus o lar dos Trolls!


    Epopéia , uma escrita morta

    Compartilhe
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Qua 12 Maio 2010, 16:15

    Tambem a pedido do gambit , resolvi criar um tópico , e de algo bem interessante.
    Epopéia : um genero literário morto.
    Não se utiliza epopeia mais , é de dificil entendimente , dificil rima , e principalmente ninguem a cria mais.
    Quais motivos , e o que voces acham?
    avatar
    gambit
    Admin
    Admin

    Mensagens : 458
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 04/05/2010
    Idade : 24

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por gambit em Qua 12 Maio 2010, 17:22

    Bom , realmente eu não tinha pensado nessa possibilidade. Mas realmente creio que é uma arte morta , pelas seguintes razoes:
    -Ninguem mais a escreve.
    -Elas são historias grandiosas , e não existe nada desse tipo hoje em dia , o tema seria o que uma guerra?
    -Dificil produzir tais textos.
    -Rimar , coisa complicada , ainda mais com métricas.
    -E alem do mais não seria algo tão vendido creio eu.
    avatar
    brgirl
    Senior
    Senior

    Mensagens : 157
    Experiencia : 0
    Data de inscrição : 14/05/2010
    Idade : 21

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por brgirl em Sex 14 Maio 2010, 14:43

    se matem (y)
    avatar
    mixigan
    Junior
    Junior

    Mensagens : 148
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 26

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mixigan em Sex 14 Maio 2010, 15:21

    brgirl escreveu:se matem (y)
    Porque , ao contrario do que pensam a epopéia é uma grande literatura , para a sua criação é necessaria muitos anos , e muita de dicação incluindo metrica , rima uma historia grandiosa invocação epilogo e outras coisas.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sex 14 Maio 2010, 18:39

    mixigan escreveu:
    brgirl escreveu:se matem (y)
    Porque , ao contrario do que pensam a epopéia é uma grande literatura , para a sua criação é necessaria muitos anos , e muita de dicação incluindo metrica , rima uma historia grandiosa invocação epilogo e outras coisas.


    Clap, Clap, Clap, fala ai... xD
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 09:10

    L Lawliet escreveu:
    mixigan escreveu:
    brgirl escreveu:se matem (y)
    Porque , ao contrario do que pensam a epopéia é uma grande literatura , para a sua criação é necessaria muitos anos , e muita de dicação incluindo metrica , rima uma historia grandiosa invocação epilogo e outras coisas.


    Clap, Clap, Clap, fala ai... xD
    Huashuas , todos não se importam com a epopéia , mas o que realmente não percebem é que não existe nenhum escritor hoje em dia que tem cacife para escrever algo do tipo.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 09:42

    as epopéias caracterizam-se por serem anônimas e brotarem da alma dos povos jovens. São uma espécie de criação coletiva em que o poeta desempenha a função de rapsodo ou compilador. Os épicos gregos apresentam uma estrutura composta por quatro partes: composição, invocação, narração e epílogo. Na proposição dá-se o enunciado da obra, conforme; na invocação há o apelo aos deuses para que ajudem o poeta; a narração é parte central e mais extensa da epopéia. Contém relato minucioso das ações do herói, devendo obedecer a uma seqüência lógica, mas podendo começar no meio; o epílogo é a parte final da narrativa, deve guardar um imprevisto, ser verossímil, coerente e conter um final feliz. Ao contrário do gênero lírico, a épica caracteriza-se por conter um distanciamento entre o sujeito (narrador) e o objeto (mundo narrado). A posição do narrador é de confronto em relação àquilo que conta. Na épica primitiva alguém narrava um fato a um grupo de ouvintes, distanciando-se do acontecimento passado. Na evolução da épica para o romance e o conto, a situação não se alterou. Porém, agora, o autor narra os acontecimentos não a um auditório, mas sim aos leitores. Existe relação de continuidade entre o mito, a lenda, a epopéia primitiva e a literatura moderna. As provas que as personagens romanescas devem vencer têm seu modelo nas aventuras do herói mítico. A apresentação do narrador não é uma cópia perfeita da realidade, que sofre influência da criatividade do artista. O poema épico apresenta alguns fenômenos estilísticos, segundo os quais, o ritmo relaciona-se com a posição de distanciamento do narrador ao apresentar seu relato. A linguagem utilizada é discursiva e segue uma sintaxe lógica e o tema consiste em uma série de acontecimentos passados, que tanto podem ser lendários ou tratar de uma época mais próxima. A epopéia deve dispor de alta quantidade de episódios espetaculares, batalhas sangrentas, exaltação dos heróis sobre-humanos, intervenção dos deuses ou de forças sobrenaturais, enfim, muita grandiosidade. O distanciamento entre sujeito e objeto favorece a inalterabilidade de ânimo do autor, que não experimenta as oscilações do estado afetivo lírico. Esta inalterabilidade explica, em parte, a falta de amor na temática épica. A apresentação dos fatos obedece a um desenrolar progressivo e meticuloso que prende a atenção do leitor e desvia seu interesse do desenlace. Embora não se possa dizer que na obra épica se anule a visão de conjunto, as particularidades são tão importantes que os episódios ganham vida relativamente autônoma. Na Poética, Aristóteles afirma que, segundo o objeto de mímesis, a epopéia ocupa-se com a ação das personagens nobres. Para ele, esse gênero assemelha-se à tragédia em alguns pontos, mas difere-se em outros. Ambas são imitações e necessitam de reconhecimento, peripécia e catástrofe, porém, variam na extensão e na métrica, podendo variar, também, nos modos, objetos e meios. Na tragédia temos pouco tempo e dependemos de um espaço limitado, portanto, torna-se impossível representar muitas partes da ação desenvolvendo-se ao mesmo tempo, como ocorre na epopéia, podendo-se, na tragédia, mostrar apenas uma única ação sendo representada pelos atores. Além das epopéias naturais, que são aquelas cujos autores são anônimos (Odisséia, Ilíada, Canção de Rolando, Cantar de Mio Cid, Canção dos Nibelungos), há também as epopéias eruditas ou artificiais, que são obras criadas por um único poeta, sem o concurso da imaginação popular (Eneida, de Virgílio; Os lusíadas, de Camões; Divina Comédia, de Dante). Os dois poemas épicos da Grécia Antiga, compostos ao redor do século VIII a.C., foram atribuídos, pela tradição clássica, a Homero, embora nunca tenha-se sequer provado sua existência. A Ilíada, e a Odisséia são poemas épicos que têm como referente histórico a Guerra de Tróia, antiga cidade do litoral da Ásia. Vários povos habitantes da Grécia, unidos numa confederação, após longos anos de assédio, conseguiram invadir e incendiar a cidade. Os poemas referem uma das numerosas expedições da Confederação Acaia, com vistas à ocupação de Ílion, cidades da costa asiática, por volta de 1180 a.C. As notícias sobre os aqueus (gregos) e troianos são todas incertas e imprecisas, porque se trata de povos de sociedades pré-históricas e de civilizações pré-helênicas, que ocupam região da Ásia Menor, do Egito, da Grécia central e das ilhas do mar Egeu, antes que deles e da mistura com outras tribos surgisse a civilização grega, unificadora de cultura e costumes políticos, religiosos, sociais e morais.
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 09:54

    L Lawliet escreveu:as epopéias caracterizam-se por serem anônimas e brotarem da alma dos povos jovens. São uma espécie de criação coletiva em que o poeta desempenha a função de rapsodo ou compilador. Os épicos gregos apresentam uma estrutura composta por quatro partes: composição, invocação, narração e epílogo. Na proposição dá-se o enunciado da obra, conforme; na invocação há o apelo aos deuses para que ajudem o poeta; a narração é parte central e mais extensa da epopéia. Contém relato minucioso das ações do herói, devendo obedecer a uma seqüência lógica, mas podendo começar no meio; o epílogo é a parte final da narrativa, deve guardar um imprevisto, ser verossímil, coerente e conter um final feliz. Ao contrário do gênero lírico, a épica caracteriza-se por conter um distanciamento entre o sujeito (narrador) e o objeto (mundo narrado). A posição do narrador é de confronto em relação àquilo que conta. Na épica primitiva alguém narrava um fato a um grupo de ouvintes, distanciando-se do acontecimento passado. Na evolução da épica para o romance e o conto, a situação não se alterou. Porém, agora, o autor narra os acontecimentos não a um auditório, mas sim aos leitores. Existe relação de continuidade entre o mito, a lenda, a epopéia primitiva e a literatura moderna. As provas que as personagens romanescas devem vencer têm seu modelo nas aventuras do herói mítico. A apresentação do narrador não é uma cópia perfeita da realidade, que sofre influência da criatividade do artista. O poema épico apresenta alguns fenômenos estilísticos, segundo os quais, o ritmo relaciona-se com a posição de distanciamento do narrador ao apresentar seu relato. A linguagem utilizada é discursiva e segue uma sintaxe lógica e o tema consiste em uma série de acontecimentos passados, que tanto podem ser lendários ou tratar de uma época mais próxima. A epopéia deve dispor de alta quantidade de episódios espetaculares, batalhas sangrentas, exaltação dos heróis sobre-humanos, intervenção dos deuses ou de forças sobrenaturais, enfim, muita grandiosidade. O distanciamento entre sujeito e objeto favorece a inalterabilidade de ânimo do autor, que não experimenta as oscilações do estado afetivo lírico. Esta inalterabilidade explica, em parte, a falta de amor na temática épica. A apresentação dos fatos obedece a um desenrolar progressivo e meticuloso que prende a atenção do leitor e desvia seu interesse do desenlace. Embora não se possa dizer que na obra épica se anule a visão de conjunto, as particularidades são tão importantes que os episódios ganham vida relativamente autônoma. Na Poética, Aristóteles afirma que, segundo o objeto de mímesis, a epopéia ocupa-se com a ação das personagens nobres. Para ele, esse gênero assemelha-se à tragédia em alguns pontos, mas difere-se em outros. Ambas são imitações e necessitam de reconhecimento, peripécia e catástrofe, porém, variam na extensão e na métrica, podendo variar, também, nos modos, objetos e meios. Na tragédia temos pouco tempo e dependemos de um espaço limitado, portanto, torna-se impossível representar muitas partes da ação desenvolvendo-se ao mesmo tempo, como ocorre na epopéia, podendo-se, na tragédia, mostrar apenas uma única ação sendo representada pelos atores. Além das epopéias naturais, que são aquelas cujos autores são anônimos (Odisséia, Ilíada, Canção de Rolando, Cantar de Mio Cid, Canção dos Nibelungos), há também as epopéias eruditas ou artificiais, que são obras criadas por um único poeta, sem o concurso da imaginação popular (Eneida, de Virgílio; Os lusíadas, de Camões; Divina Comédia, de Dante). Os dois poemas épicos da Grécia Antiga, compostos ao redor do século VIII a.C., foram atribuídos, pela tradição clássica, a Homero, embora nunca tenha-se sequer provado sua existência. A Ilíada, e a Odisséia são poemas épicos que têm como referente histórico a Guerra de Tróia, antiga cidade do litoral da Ásia. Vários povos habitantes da Grécia, unidos numa confederação, após longos anos de assédio, conseguiram invadir e incendiar a cidade. Os poemas referem uma das numerosas expedições da Confederação Acaia, com vistas à ocupação de Ílion, cidades da costa asiática, por volta de 1180 a.C. As notícias sobre os aqueus (gregos) e troianos são todas incertas e imprecisas, porque se trata de povos de sociedades pré-históricas e de civilizações pré-helênicas, que ocupam região da Ásia Menor, do Egito, da Grécia central e das ilhas do mar Egeu, antes que deles e da mistura com outras tribos surgisse a civilização grega, unificadora de cultura e costumes políticos, religiosos, sociais e morais.
    Legal , pegou onde isso?
    avatar
    gambit
    Admin
    Admin

    Mensagens : 458
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 04/05/2010
    Idade : 24

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por gambit em Sab 15 Maio 2010, 09:56

    Eita.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 09:58

    Num sei, peguei num site ai. Ué num é pra ser o bom, vou ser também.

    http://pt.shvoong.com/humanities/theory-criticism/1627312-epop%C3%A9ias/
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:01

    L Lawliet escreveu:Num sei, peguei num site ai. Ué num é pra ser o bom, vou ser também.

    http://pt.shvoong.com/humanities/theory-criticism/1627312-epop%C3%A9ias/
    Muito bom copiar algo de um site.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 10:03

    Por isso que minha mãe me ensinou a não discutirem com mikes opa professores de literatura
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:05

    Bom o nivel de professor é muito baixo , provavelmente assim como o gambit e se não me engano gerson já lí muito mais livros que seus professores de ensino fundamental.
    Fazendo as contas 3 livros por mes ,desde minha quinta série não da pouco livro não.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 10:07

    Nossa fala ai PhD. Não sabia que você era tão bom, me desculpa meu rei. Você quer café da colombia?


    EDIT : Parabés você le em média 36 livros por ano, cara como tu és hábil.
    Você não le alguns na lingua Hebraica, ou em Latm, os ninjas tem que fazer isso sabia?


    Última edição por L Lawliet em Sab 15 Maio 2010, 10:11, editado 3 vez(es)
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:09

    L Lawliet escreveu:Nossa fala ai PhD. Não sabia que você era tão bom, me desculpa meu rei. Você quer café da colombia?
    Não , muito obrigado prefiro viver nessa minha vida enfadonha e passageira.
    avatar
    mixigan
    Junior
    Junior

    Mensagens : 148
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 26

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mixigan em Sab 15 Maio 2010, 10:12

    É raro alguem tentar bater de frente com o mike em uma discussão em!!! Boa sorte novato.



    só o que me falta éra o gerson aqui pra humilhar apokspoaks
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:14

    EDIT : Parabés você le em média 36 livros por ano, cara como tu és hábil.
    Você não le alguns na lingua Hebraica, ou em Latm, os ninjas tem que fazer isso sabia?
    Nossa sabes fazer conta.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 10:16

    Juro que não sei, tenho que usar a cauculadora do windows. Mais o ninja pode me ensinar não é mestre?
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:18

    L Lawliet escreveu:Juro que não sei, tenho que usar a cauculadora do windows. Mais o ninja pode me ensinar não é mestre?
    Tenho mais o que fazer.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 10:22

    Bom que você seja tão ocupado, tentarei fazer um curso profissionalizante para ver se consigo, pelo menos tentar resolver suas super equações do 28 grau.
    Mas nunca se esqueça, caso um dia fique sem nada para fazer, me ensine os seus truques e macetes para a vida ok Lendário Senhor.
    avatar
    mike
    Amador
    Amador

    Mensagens : 228
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por mike em Sab 15 Maio 2010, 10:24

    No dia que voce entrar no ensino médio seu professor de matematica tratará de te ensinar a resolver essas equaçoes.
    avatar
    Serial D. Murder
    Semi-pro
    Semi-pro

    Mensagens : 469
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 08/05/2010
    Idade : 21
    Localização : N

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Serial D. Murder em Sab 15 Maio 2010, 10:33

    Ahh é verdade eu tenho professores. Mas você nem precisara colocar seu filho na escola né, porque em casa ja tem um super herói: Mike the Ninja.
    avatar
    gambit
    Admin
    Admin

    Mensagens : 458
    Experiencia : 1
    Data de inscrição : 04/05/2010
    Idade : 24

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por gambit em Sab 15 Maio 2010, 10:37

    Vamos parar com isso , já sabemos o fim.
    avatar
    Chad
    Iniciante
    Iniciante

    Mensagens : 85
    Experiencia : 0
    Data de inscrição : 15/05/2010
    Idade : 24

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Chad em Sab 15 Maio 2010, 12:27

    Continuem o show, adoro discussão.
    avatar
    Ninguém
    Novato
    Novato

    Mensagens : 28
    Experiencia : 0
    Data de inscrição : 12/05/2010
    Idade : 22
    Localização : São Luís, MA

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Ninguém em Sab 15 Maio 2010, 17:21

    Não têm nada o que reclamar, essa é uma discussão num fórum de discussões -q

    Eu to de acordo com o Chadão, The Show Must Go On \o\

    Conteúdo patrocinado

    Re: Epopéia , uma escrita morta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 20 Out 2017, 23:55